VISITANDO UM ENFERMO: O QUE LEVAR PARA ELE?


Quando uma pessoa adoece, é possível que algum desequilíbrio emocional também se instale: medo, ansiedade, dúvidas, sentimento de culpa, etc.

São ideias que precisam ser evitadas para dedicar a atenção no reequilíbrio e esforços da cura.

E os visitantes podem colaborar com isso?

Sim. Pensamentos, palavras e atitudes traduzem a energia que estão irradiando. Quando é positiva, conforta, reergue e anima. Ao contrário, tristeza ou perturbações irradiam uma energia que pode contaminar o ambiente e prejudicar o enfermo.

Quando o visitante se concentra em sua boa energia, é capaz de despertar e sustentar emoções e sentimentos saudáveis.

Pode até mesmo estimular a coragem no enfermo, sua fé e esperança, que são importantes para seu tratamento e recuperação.


Posts Em Destaque
Posts Recentes