CONHECENDO O ESPIRITISMO


Muitos falam sobre o espiritismo sem saber ao certo do que se trata.


Para que não reste nenhuma dúvida, apresentamos as principais características, sendo que dentre elas destacamos: segue os ensinamentos de Jesus; segue toda a codificação de Allan Kardec e pratica a verdadeira caridade.

Espiritismo não é religião: O espiritismo é uma doutrina baseada na união entre a ciência, filosofia e religião. Utiliza a lógica e a razão para trazer explicações religiosas[if !supportFootnotes][1][endif], sem que com isso aprisione ou torne as pessoas submissas aos seus conceitos. Isto porque, está fundado no livre arbítrio e seus seguidores não são obrigados e nem proibidos de nada. Não possui chefe sendo que seu grande orientador é Jesus.

Surgiu a partir da observação e do estudo realizado por Allan Kardec, de alguns fatos que ocorriam à época e que alguns denominavam “fenômeno”. É uma doutrina que foi inteiramente trazida pelos espíritos.

'Kardecismo' não existe: por se tratar de algo novo, Allan Kardec teve que dar a esse estudo um nome. Optou por chamá-lo de ‘Espiritismo’, uma vez que todas as informações foram trazidas por espíritos desencarnados. Algumas pessoas adotam a denominação ‘kardecismo’ e ‘kardecista’, fazendo referência ao codificador da doutrina, mas efetivamente essas palavras não existem.


Pilares: todos os estudos de Allan Kardec que culminaram na codificação do Espiritismo se encontram baseados nos ensinamentos e na moral de Jesus, descritos no Novo Testamento - Evangelhos de Marcos, Mateus, João e Lucas.


Espiritismo e Espiritualismo: há uma diferença muito grande entre espiritismo e espiritualismo. São verdadeiramente espíritas aqueles que seguem rigorosamente a moral prescrita por Jesus, estudando e colocando em prática as obras de Allan Kardec. Qualquer outra crença que não siga essa moral, tampouco sua disciplina e estudo, deve ser denominada espiritualista. Estas se diferenciam do Espiritismo por possuírem algumas práticas e dogmas.

Reencarnação: a reencarnação não foi inventada pelo espiritismo. Sócrates e Platão já admitiam que um espírito pudesse reencarnar em um novo corpo, assim como várias civilizações orientais, os primeiros cristãos, os antigos egípcios e gregos.

Mediunidade: nada mais é do que uma faculdade que todos os humanos possuem de se comunicar com os espíritos desencarnados. Ocorre que alguns a desenvolvem e outros não. Importa dizer que é necessário o estudo, a educação, a disciplina e a moral das pessoas que a desenvolvem, a fim de que possam fazer bom uso dessa faculdade. Jamais ela deve ser comercializada e sim, deve ser utilizada gratuitamente. [if !supportLineBreakNewLine] [endif]

Que estão ligadas à crença na existência de um poder ou princípio superior que rege o universo[1]

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram