POR QUE JESUS FALAVA POR PARÁBOLAS?


Era comum que Jesus recorresse às parábolas a fim de prender a atenção, respeitar o tempo e a condição de todos aqueles que o ouviam


Suas parábolas como a do filho pródigo, dos talentos, do semeador, nada mais eram do que simples narrativas, usando comparações e elementos do dia a dia daquele povo para passar valiosíssimos ensinamentos morais.


De um jeito simples, ele falou e ensinou a todos. Seus ensinamentos atravessaram os séculos até os dias de hoje. Ainda são muito atuais e se mantêm como grande modelo para que possamos atingir a nossa evolução moral e espiritual.


Vale lembrar que Jesus somente expressou por parábolas as partes, de certo modo, mais filosóficas da sua doutrina. Mas, tendo feito da caridade para com o próximo e da humildade condições básicas da salvação, tudo o que disse a esse respeito é inteiramente claro, explícito, objetivo e sem espaço para duplas interpretações. Era o essencial para a multidão ainda ignorante, à qual ele se limitava a dizer: “Eis o que é preciso que se faça para ganhar o reino dos céus.”


(Fonte: Capítulo XXIV - Não coloqueis a candeia sob o alqueire)


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram