JOSÉ MARQUES GARCIA


Pioneiro do Espiritismo em Franca, José Marques Garcia nasceu em 12 de maio de 1862, na cidade de Santana dos Olhos D´água, hoje Ipuã, Estado de São Paulo.

Aos 29 anos casou-se com Maria Freire e em sua propriedade rural, sobrevivia do comércio de gado leiteiro. O casal teve apenas um filho, que desencarnou com poucos meses de vida, porém, criaram onze filhos adotivos e quatro netos.

José Iniciou-se nas atividades Espíritas em 1901, convidado por alguns amigos para assistir a uma reunião. Ao aceitar o convite, ficou realmente satisfeito com as explicações contidas no Evangelho Segundo O Espiritismo e no Livro dos Espíritos.

No ano de 1902 começou a tratar de doentes mentais em sua casa. Ele era semianalfabeto, mas a mediunidade sempre esteve presente em sua vida.

Como médium receitista, foi o pioneiro da homeopatia em Franca. Muitos enfermos o procuravam em sua casa em busca de remédios que eram manipulados por ele. Fundou uma farmácia homeopática à qual deu o nome de Militão Pacheco, em homenagem ao médico homeopata e benfeitor.

Com objetivo de estudar e difundir o Espiritismo na região, fundou o primeiro centro espírita da cidade, o Centro Espírita Esperança e Fé, em 1904. Ainda hoje esse é um dos principais centros espíritas da cidade.

Em 1922, sentindo a necessidade e inspiração de aumentar e melhorar a assistência aos doentes mentais, José Marques Garcia construiu um asilo para os enfermos, o qual se tornou o Hospital Psiquiátrico Allan Kardec, um dos mais antigos hospitais espíritas do país.

Seus exemplos servem como lições de vivência cristã: todos os dias, às doze horas, pegava o Evangelho Segundo o Espiritismo, reunia-se com seus pacientes no pátio do Hospital e dava a um deles, que sabia ler, a lição do dia. Explicava a página lida e fazia a Prece Coletiva final. Tratava do corpo físico, mas fornecia também o remédio para o espírito.

José não esqueceu das crianças no processo de Evangelização. Incentivava o Teatro Espírita Infantil cujo palco era montado no próprio Hospital Allan Kardec.

Fundou o jornal “A Nova Era” em 1927, numa época de difícil aceitação e muitos ataques ao espiritismo, com o objetivo de passar às criaturas as lições de Jesus. A circulação do jornal logo se expandiu por todo o país.

A fundação do centro espírita, a farmácia homeopática, a construção do hospital e a criação do jornal foram atitudes inovadoras para o espiritismo em Franca e no Brasil. José desencarnou no dia 21 de junho de 1942, aos 80 anos de idade. Foi um exemplo de humildade, moral, trabalho, amor ao próximo e fidelidade às lições do Evangelho.


TAGS: José Marques Garcia Pioneiro Espiritismo Franca São Paulo Médium Homeopatia Centro Espírita Esperança e Fé

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram