NO LUGAR DO OUTRO



É pouco provável que uma pessoa consiga amar o próximo se não estiver atenta à compreensão e compaixão.

Jesus deixou uma lição bem clara para a humanidade: amar o próximo como a si mesmo.

Significa fazer ao outro o que for necessário para seu socorro, prevenindo uma queda ou auxiliando a levantar, tal como gostaríamos que fosse feito a nós.

Para sabermos como agir, antes de mais nada, é necessário se colocar no lugar dessa outra pessoa, entender sua realidade.

Podemos dizer que a compreensão significa amar nossos irmãos quando estão caminhando no erro, por entender que as sementes que estão plantando são prejudiciais.

Se temos um pouco de responsabilidade, dá para imaginar que, para nós, gostaríamos de ser aceitos mesmo assim, não discriminados, até alertados sobre esse erro, receber as luzes e os esclarecimentos necessários para que possamos fazer as modificações. Dependendo da gravidade, até sermos chocados para o imediato despertar antes que seja tarde demais.

Já a compaixão significa amar nossos irmãos quando estão passando pelas dores, colhendo os frutos amargos de um plantio equivocado, sentindo em nós mesmos a amargura desse sofrimento.

Caso fôssemos nós passando pelo sofrimento, certamente desejaríamos de alguém o socorro que incentiva o bom ânimo, que renova as esperanças, que nos dá consolação, que nos fizesse lembrar do devotamento e abnegação, aliviando o peso da dor e abrindo espaço para o aprendizado da lição em que nos colocamos.

A compreensão e a compaixão são a exata medida do servir. Essas duas qualidades auxiliam a cada um de nós na prática da caridade e do amor em movimento.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram