SEGUIR PELA PORTA LARGA OU SEGUIR PELA PORTA ESTREITA?


Para tomar alguma decisão e responder a essas questões, primeiro é preciso compreender o que Jesus quis dizer ao usar a figura da porta larga e da porta estreita nos textos encontrados no Evangelho de Lucas, Mateus e posteriormente mais esclarecido no capítulo 18 do O Evangelho Segundo O Espiritismo - Muitos os chamados e poucos os escolhidos.

A porta larga representa as vantagens pessoais, conveniências, prazeres terrenos e o comodismo nas más tendências.

Pelas facilidades momentâneas apresentadas, muitos se apegam a ela com certa insistência. Empregam pouco ou nenhum esforço para evoluir moralmente, esquecendo que encarnamos no planeta Terra não a passeio, mas com o objetivo de passar por experiências e reformar intimamente buscando a evolução.

A porta estreita simboliza o esforço e a disciplina para conhecer e praticar as Leis de Deus que se resumem em Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

Para passar por essa porta é preciso ter resignação, livrar-se do orgulho, do egoísmo e todas as más tendências que derivam desses sentimentos como a raiva, a mágoa, praticando o amor e a caridade.

Como já dito, o planeta Terra ainda é um lugar de provas e expiações onde existe o bem e o mal dentro de cada um de nós. Somos espíritos em fase de aperfeiçoamento e ninguém consegue o pleno domínio das tendências negativas de uma hora para outra.

A evolução espiritual é um processo gradativo, oscilamos entre escolher por uma porta ou outra, às vezes conseguindo vencer, outras vezes cedendo às imperfeições, mas precisamos repetir o bem até que se torne hábito e sobreponha-se ao mal.

Os erros e as experiências vividas são muito importantes para o despertar de cada ser. Sempre temos a liberdade de decidir por qual caminho seguir e o tempo necessário para cada etapa da evolução depende integralmente do emprego da vontade e esforço individual para mudança de pensamentos, comportamentos e atitudes.

Permanecer na porta larga com o orgulho, egoísmo, materialismo e vantagens pessoais, embora pareça mais conveniente é um obstáculo ao progresso, pois não constrói alicerces morais.

As verdadeiras bases para a evolução são construídas com a compreensão e prática das Leis de Deus e os ensinamentos de Jesus. Seguir pela porta estreita é reformar intimamente e construir os valores morais que são eternos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram