SPARTACO GHILARDI


Spartaco Ghilardi nasceu no dia 12 de maio de 1914, na província de Viareggio, região da Toscana, no sul da Itália.

Aos 12 anos de idade, Spartaco começou a trabalhar, com seu pai, em uma empresa de decoração e vendas de móveis. Depois ingressou em uma empresa alemã, em São Paulo, chegando a ocupar o cargo de Gerente Comercial.

O primeiro contato de Spartaco com o Espiritismo deu-se através de reuniões espíritas realizadas na casa dos pais de Zita Calicchio, na época sua namorada, com quem veio a se casar.

Spartaco trabalhou como médium na Federação Espírita do Estado de São Paulo (FEESP), no Instituto Beneficente Nosso Lar e teve participação na fundação da Associação Médico-Espírita de São Paulo, além de muitas outras instituições espíritas.

Começou a frequentar as reuniões de Francisco Cândido Xavier no Centro Espírita Luiz Gonzaga e, em uma dessas visitas, recebeu a orientação de Chico para fundar o Grupo Espírita Batuíra, o que foi feito em 15 de janeiro de 1964. No Grupo, Spartaco atendia, mediunizado, filas de pessoas que chegavam em busca de um amparo, esses trabalhos espirituais duravam até a madrugada.

Além das tarefas espirituais o Grupo Batuíra oferece também alguns cursos gratuitos, distribuição de sopas, e outras tarefas sociais.

Entre seus tipos de mediunidade, a que mais se destacou foi a de psicofonia, porém, também desenvolveu a vidência, clariaudiência, premonição, cura, psicografia, desdobramento e intuição.

O primeiro contato com o espírito de Batuíra foi em Uberaba, através do médium Chico Xavier, por uma mensagem transmitida dizendo que o centro que estava sendo fundado teria Batuíra como mentor. A partir de então Spartaco e Batuíra começaram a trabalhar juntos na tarefa do bem.

Spartaco costumava dizer que Chico Xavier era seu mestre, seu grande amigo, seu referencial de vida e o maior exemplo de vivência do Evangelho de Jesus, e que sempre ia visitá-lo para buscar energia, força e orientação.

Spartaco participou também, ao lado do Sr. José Gonçalves Pereira (presidente da Casa Transitória), das reuniões administrativas da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo (USE), servindo de intermediário dos bons Espíritos.

Spartaco Ghilardi desencarnou no dia 29 de outubro de 2004, em São Paulo, aos seus noventa anos, tendo contribuído com muita dedicação e trabalho para a obra do bem.

Para mais informações livro: Spartaco: História de um médium, escrito por Geraldo Ribeiro da Silva

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram