HERCULANO PIRES


José Herculano Pires nasceu em 25 de setembro de 1914 na cidade de Avaré, no estado de São Paulo.

Começou seus primeiros estudos em sua cidade natal e revelou ter grande vocação literária e poética. Já com 16 anos publicou seu primeiro livro Sonhos Azuis e, após 2 anos, seu segundo livro Coração.

Herculano Pires foi repórter, redator, secretário, cronista, parlamentar e crítico literário dos Diários Associados, essas funções foram exercidas por ele na rua 7 de Abril por cerca de trinta anos.

Aos 22 anos conheceu a doutrina espírita e se sensibilizou profundamente por todos seus ensinamentos, não poupou esforço na divulgação da doutrina codificada por Allan Kardec, tarefa essa à qual dedicou a maior parte da sua vida. Durante 20 anos manteve uma coluna diária sobre espiritismo nos Diários Associados, com o pseudônimo de Irmão Saulo. No decorrer de quatro anos manteve no mesmo jornal uma coluna em parceria com Chico Xavier sob o título Chico Xavier pede licença.

Traduziu cuidadosamente todas as obras da codificação de Allan Kardec, enriquecendo-as com notas explicativas nos rodapés, colaborou ainda com o Dr. Júlio Abreu Filho na tradução da Revista Espírita de Allan Kardec. Essas traduções foram doadas a diversas editoras espíritas no Brasil, Portugal, Argentina e Espanha.

Entre seus 34 anos fundou o Clube dos Jornalistas Espíritas de São Paulo em 23 de Janeiro de 1948 no qual seu funcionamento teve duração de 22 anos.

José Herculano Pires desencarnou no dia 09 de março de 1979, deixando 81 livros sobre diversos temas, entre eles, filosofia, psicologia e espiritismo, alguns em parceria com Chico Xavier. Foi filósofo, educador, jornalista, escritor, poeta e sempre fiel tradutor das obras de Kardec.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram