VENCENDO A ILUSÃO DO MATERIALISMO


Quando você olha para as casas na rua, o que você vê? Enxerga ali residências? E quando olha para uma empresa, vê apenas pessoas trabalhando em troca do salário ou dos lucros? Quando conhece alguém, vê o rosto, o gosto para a roupa, os títulos?

Como naquele ditado: “ver para crer”, é comum acharmos que a realidade é tudo aquilo que percebemos com os sentidos da visão, tato, audição, etc., ou também o que pensamos com o raciocínio.

Entretanto, a realidade vai mais além.

Tudo que está aqui na Terra foi possibilitado pela Providência Divina para o ser humano reorganizar. Não somos donos de nada, apenas usuários e podemos utilizar qualquer coisa para fazer o bem ou o mal, desde os objetos até as teorias.

Quando nós percebemos que a realidade vai além do que os olhos enxergam, começamos a olhar para a outra pessoa e ver além de tudo um irmão. Entendemos que a residência luxuosa que separa uma família em vários cômodos tem menos valor que um casebre onde todos se unem e são felizes, e que num grupo de trabalho, as pessoas foram colocadas juntas para aprenderem umas com as outras.

E mais: entendemos que tudo isso pode falir se nossas decisões forem mal feitas, se não utilizarmos as oportunidades para fazer o bem, aperfeiçoar nossa moral e colaborar com a obra divina.

A ilusão do materialismo perde todo o sentido quando compreendemos a diferença entre o ter e o ser, e que nós somos o que fazemos de bom ou de ruim.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram