Capítulo 19 – A fé transporta montanhas


Nesse capítulo, Allan Kardec junto com os espíritos benfeitores aborda vários pontos do tema fé. O título deve ser compreendido no sentido simbólico pois, montanhas, não representa os altos montes da natureza, mas sim as dificuldades, as resistências, a má vontade e tudo aquilo que bloqueia o nosso progresso.

E você, conhece o significado de fé?

A fé sincera e verdadeira apoia-se no raciocínio e na compreensão dos fatos. É a confiança que se tem no cumprimento de algo, a certeza de atingir um objetivo, sabendo o caminho que se deve seguir até alcançá-lo.

É preciso ter atenção para não confundir fé com orgulho. A verdadeira fé é humilde, não confia excessivamente em si, mas deposita sua confiança em Deus.

Quando adquirimos essa confiança somos capazes de realizar muito mais coisas do que quando ficamos parados na dúvida e na insegurança. A fé forte produz a perseverança, a energia e os recursos necessários que nos fazem vencer os obstáculos. Já a fé vacilante, cheia de incertezas, não procura os meios de vencer porque nem acredita em poder vencer.

A fé não se prescreve, somos nós que devemos ir em busca de adquiri-la através da compreensão das verdades espirituais fundamentais. Essa força, vontade e certeza do querer deve ser usada tanto para as necessidades terrestres como para a reforma íntima e elevação moral. Toda fé que adquirirmos levaremos como bagagem para as próximas vidas.

Para acreditar não basta ver ou ouvir é preciso acima de tudo compreender. A fé cega, que nada examina, leva ao fanatismo e uma hora ou outra se decepciona quando a verdade de fatos óbvios vem à tona. Por tirar o direito de pensar, questionar e decidir, a fé cega pode levar também a incredulidade. Devemos amar a Deus, mas saber o porquê o amamos, assim como crer nele, mas sabendo o porquê cremos. Com esse intuito o espiritismo desenvolve o senso crítico e leva sempre em consideração o questionamento e a fé raciocinada que se apoia nos fatos e na lógica.

Os espíritos elevados ensinam que ainda não nos conhecemos o bastante. Se soubéssemos a força que temos em nós e se quiséssemos colocar nossa vontade a serviço dessa força seríamos capazes de grandes realizações. Com fé não existem obstáculos ou más tendências que não possamos vencer, ela nos sustenta e ilumina o caminho para a evolução.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram