AMÉLIE GABRIELLE



Amélie Gabrielle Boudet, filha do casal Julien-Louis Boudet e Julie-Louise Seigneat de Lacombe, nasceu no dia 23 de Novembro de 1795 em Thiais, na França. Desde criança teve um forte interesse pelos estudos, porém foi apenas depois de cursar o colégio primário, que se estabeleceu em Paris com a família, ingressando em uma Escola Normal, de onde saiu diplomada como professora.

Escreveu três livros: “Contos Primaveris” em 1825; “Noções de Desenho” em 1826 e “O Essencial em Belas Artes” em 1828.

Em 6 de Fevereiro de 1832, casou-se com Hippolyte Léon Denizard Rivail, mais conhecido como Allan Kardec. Amélie tinha nove anos a mais que seu esposo, mas essa diferença nunca atrapalhou a felicidade de ambos.

Pouco tempo depois de concluir seus estudos com Pestalozzi em Yverdun, o Prof. Rivail fundou em Paris um Instituto Técnico, com orientação baseada nos métodos de Pestalozzi. Amélie se juntou a ele na tarefa educacional que vinha desenvolvendo no Instituto, mas em 1835, por alguns problemas, o casal teve que fechar as portas do instituto.

Durante o dia, enquanto Rivail se encarregava da contabilidade de casas comerciais, sua esposa colaborava de alguma forma na preparação dos cursos gratuitos que haviam organizado na própria residência, que funcionaram de 1835 a 1840.

Amélie, além de conselheira, foi a inspiradora de vários projetos que o esposo pôs em execução. Kardec tinha uma grande consideração pelas opiniões de sua esposa.

Logo após o lançamento da obra “O Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec, o casal Rivail começou a realizar sessões em sua residência, que se tornou pequena para o grande número de pessoas que ali compareciam. Em Abril de 1858, Kardec fundou fora do seu lar a “Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas”.

Em 31 de Março de 1869, com 65 anos de idade, desencarnava Allan Kardec, porém com força e determinação, Amélie Gabrielle Boudet continuou divulgando as obras de seu falecido marido, tendo trabalhado também na elaboração do livro “Obras Póstumas” em 1890, contendo anotações deixadas por Kardec em seu escritório.

Desencarnou em Paris aos seus 88 anos, no dia 21 de janeiro de 1883, tendo sido a companheira, professora e a principal colaboradora para a codificação da doutrina espírita junto a Allan Kardec.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Grupo Beneficente José Nunes Feller.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram